Mensagens

Entrevista com Pré-Destinada [ser poeta é assumir a veia da demência]

Imagem
Entrevista com a Pré-Destinada, mulher que acredita que a arte transcende as fronteiras do género, sendo assim se considera "poeta", não "poetisa". Além disso, sublinha que, ser poeta é assumir a veia da demência; ter orgulho de ser um louco assumido e sem receio de intervir para o que for necessário.  Pré-Destinada, ­é uma jovem viciada em ler, ousada ao declamar e que se derrete quando dedilha as teclas do piano. É apenas uma moça dominada pelo desejo de expor os silêncios do mundo e seus prazeres em apenas um pedaço de papel. É membro do Movimento Literário Kuphaluxa, membro do Circulo dos Escritores Moçambicanos na Diáspora, e fundadora da Revista Literária Samurais - RELISA. É Vencedora do Prémio Literário a Galinha pulando Brasil 2012 e de menção honrosa no Premio Literário Nosside 2015, menção "particcolare". Participou de varias antologias e agendas Literárias: Antologia a galinha pulando, antologia universal Lusófona Rio dos bons sinais, Revista rio…

Siga-nos no Facebook

DEAMBULANDO NAS BICHAS DE MUSEU – Por Ernesto Moamba

Imagem
[Conto vencedor de Premio Internacional de Prosa, Prémio Machado de Assis 2017]
Recordo que naquela manhã de sexta-feira antes de o sol nascer e as nuvens despirem-se sobre o céu, totalmente azul, meus pés paralíticos rasgavam as silenciosas ruas e avenidas em direção ao Museu para apanhar o vulgar chapa sem de praça dos combatentes via jardim, mas no momento da partida o que parecia nos miolos da cabeça e enfraquecia a minha disposição, era pensar que iria chegar a paragem suado e cheio de cansaço e sem vontade de ultrapassar sequer um ponteiro vermelho do semáforo e, para piorar meu estado de aposento, ter que entrar em guerrilha sem armas nem azagaia com os sanguessugas de smart kikas e galaxy que de dia e de noite sempre encontravam-se instalados. Mas o que não sabia é que um deles a sorte lhe tinha afugentado, passado poucos minutos ouvia de lado de trás o clamar da viatura da PRM1 que traziam as provas de busca imediata de um dos malogrados. O susto partiu-me quase todos os meus se…

A vida é um mar de rosas, mas quando é mal acarinhada vira um mar de espinhos

Imagem
Hoje acordei e flagrei a minha auto-estima ganhando gorduras de um embondeiro, isto é, dilatava-se voluptuosamente. Convocava o estado de espírito que considero apropriado para a minha alma exibir sua própria essência, ganhar uma e única direcção, largar as muletas, sentir-se mais viva que nunca, trilhar o caminho mais fértil do mundo e rumar ao oásis do sucesso.
 Depois de tantos dias de depressão e desmotivação, a voz do ego Freudiano beijou-me a audição e discursou: "tu és capaz, podes conseguir tudo que desejas, és mais forte que a tempestade, pois diferentemente dela, tens o coração e a razão que te guiam. Deste modo, não fiques inerte e desnorteado, porque tudo depende de ti, se quiseres prosperar deves erguer a cabeça e batalhar, visto que: nada vem do nada, tudo requer esforço, de braços cruzados nada virá ao seu encontro. Além disso, só vence quem vai a luta, porque as derrotas nos fortalecem. Então, levanta-te e viva a vida que ela já espera por ti. Não te esqueças que a…

Canto

Soletro o calar deste teu silêncio.
Teu olhar que se apapela nesta noite, que sangra versos, letras e no compor de almas em contemplações dos cantos, dessas guitarras, desses pianos, dessas trombetas que a voz do teu chorar delega-me em paixonices para ouvir em sentimentos suas batidas sertanejas.

Autor: Luís Nhazilo


A saga da Moça Ibn Bique

Sou uma linda moça. Moça de cabelos cintilantes, pele doce, curvas macias, lábios de seda, seios avultados que lembram duas papaias beijando o útero da terra. Ando alheada de mim que às vezes esqueço o meu próprio nome, razão pela qual, alguns já me atribuíram alcunhas como: Pérola dos Indícios, Pátria animada, etc. Fui nascida há muitos anos, mas a minha beleza nunca se apaga. A cada dia que passa fico mais exuberante que antes. No entanto, a beleza que carrego só me atrai maldades, quer dizer: apesar de ser linda, a minha vida sempre foi a mais feia do planeta; porque nunca tive nem se quer um segundinho de felicidade. Por exemplo, tornei-me mãe ainda na minha miúda adolescência, e, hoje, o que me mantém vivo é apenas a minha família, especialmente os meus filhos: o Salves, o Zizumbeze, a Ravuma e a Umbeluza, os únicos que o tempo ainda não engoliu. Desde os anos remotos, vários homens têm-me lançado olhares com o objectivo de transformar-me em pão para os seus famintos músculos. Prime…

Entrega

Imagem
Entrega
quero ser teu... para amar-te, afogar-me no teu mundo exótico, viver dentro do teu coração e sentir nossas almas esfregarem-se.
quero construir uma senzala no teu cérebro para teu material craniano girar somente em minha órbita.
quero ser o teu vestuário(íntimo), ser os acessórios que te beijam o corpo, ser teu batom preferido para sempre dormir nos teus lábios doces.
quero ser todo teu... quero ser tudo teu...



sorriso duma criança

Imagem
chave que elucida a grandiosa ingenuidade
satélite cristalino
que no sobrenatural flutua
absorvendo a consternação
desenhada nas flácidas e cordiais
ruelas dum progenitor.

oh, que sinfonia preciosa!!!
embalada nos lábios luminosos,
luminosos mais que um arco celestial.

janela de esperança
que se dilata
quando mais um segundo o tempo ameaça.

incrívele é como ele brota...
brota no ruido silencioso
como agua bailando na cascata
gota-a-gota.